A Arte do Equilíbrio: Design x SEO

A Arte do Equilíbrio: 

Design x SEO

Cezar L. Choptian | CEO da Sirius | Curitiba/PR

Cezar L. Choptian - Sirius Soluções Digitais - Design x SEO - Blog - Redhook School

A Arte do Equilíbrio: Design x SEO

 

Criativos odeiam regras. Isso é um fato, e decorre da necessidade de liberdade que a sua mente exige. Porém costuma-se acreditar que somente assim é que será possível navegar por um mar de infinitas possibilidades.

 

Ao mesmo tempo o mercado espera ansiosamente por visuais cada vez mais impactantes, inovadores, que expressem todo o potencial das mentes mais criativas.

 


Mas pensando no mundo digital, será que há problema em ser totalmente livre?
Um site lindo, que tem por objetivo deixar seus visitantes extasiados, e outros designers babando, provavelmente não trará o retorno esperado pela empresa.

 


Por quê?

 


Em primeiro lugar, porque não terá acessos!
Criar ou redesenhar um site, normalmente, tem um objetivo claro: gerar mais negócios.

 


E um dos princípios para melhorar seus resultados é aumentar o tráfego do site, partindo, inicialmente, de uma lógica simples – Se a cada 100 acessos eu realizo 1 venda, se eu tiver 1.000 acessos? É por aí.

 


É bem verdade que o visual é o aspecto mais importante no comportamento de um usuário, como fator decisivo de conversão. Passa credibilidade, e deixa um usuário confortável para completar a ação esperada, seja ela qual for. Um estudo intitulado Trust and Mistrust of Online Health Sites descobriu que 94% dos comentários de uma página estão intimamente ligados a elementos do design do site.

 


Mas, porém, contudo, entretanto, todavia, e quaisquer outras conjunções coordenativas adversativas existentes, um site lindo e não otimizado para os buscadores pode sequer aparecer nas buscas, fazendo com que seu tráfego seja extremamente baixo, e ninguém o encontre. E vale lembrar que é melhor 6% de alguma coisa, do que 94% de nada!

 


O desafio então é alcançar o equilíbrio entre beleza e eficiência, levando em consideração no momento da criação os requisitos necessários para ser indexado e bem posicionado nos buscadores.
Acessos geram conversões. Visual melhora a taxa de conversão. Sem o primeiro, o segundo não faz sentido.
Neste contexto, disse o Prof. Jef L. Richards:

 

 

O Google fica mais inteligente a cada dia, porém ainda depende de um robô que lê (literalmente) o seu site, para identificar sobre o que cada página se trata, quão relevante elas são, e em que posições elas deverão aparecer nas buscas. Sem otimizar suas páginas para o Google, o gigante das buscas dificilmente atrairá tráfego orgânico para você.
Pensando em dar uma força para quem passa por isso diariamente, eu preparei uma lista com os 5 erros de design que detonam o SEO:

 

 

 

Erro #1. Incluir Informações Importantes em Imagens

 

O texto ainda é o conteúdo mais facilmente compreendido pelos mecanismos de busca.
Utilizar imagens, podcasts e vídeos em suas páginas irá melhorar a interação com o seu público e deixa-los mais felizes e satisfeitos, e o Google já é capaz de ler informações preenchidas estrategicamente nessas mídias, entendendo o sentido e auxiliando na indexação. Porém o conteúdo principal, se utilizado exclusivamente dessa forma, será sumariamente ignorado pelo Google.

 

 

Visto por um Humano

 

 

Visto pelo Google

 

Podemos encontrar a confirmação dessa informação dentro das próprias Diretrizes Oficiais do Google para Webmaster (Google’s official webmaster guidelines):
“Tente usar texto em vez de imagens para exibir nomes importantes, conteúdo ou links. O rastreador do Google não reconhece texto contido em imagens. Se for necessário usar imagens para o conteúdo textual, considere usar o atributo ALT para incluir algumas palavras de texto descritivo.”

 

 

 

Erro #2. Não dar Atenção aos Acessos Mobile

 

No momento de criar o um layout, grande parte dos profissionais se esquece de pensar na versão responsiva, personalizada e adaptada para dispositivos móveis.
Para fazê-lo pensar nisso da próxima vez, vamos aos números:

 

 

Em março de 2015 o Google lançou uma atualização em seu algoritmo para rebaixar sites que não são responsivos, e isso resultou em um aumento imediato de 12% para os sites preparados para acessos de dispositivos móveis:

 

Segundo dados da SMART Insigths as páginas móveis não responsivas caíram cerca de 5 posições nos resultados de buscas.

 

 

 

Erro #3. Criar Uma Página Personaliza de Erro 404 Esquecendo o Mais Importante 

 

Supondo que você não queira perder um visitante que, eventualmente, digitou um caracter errado, ou clicou em um link que não existe mais no site, é provável que você tenha criado uma página de erro 404.

 

Se você tomou esse cuidado, parabéns, você faz parte de uma minoria de apenas 14%.

 

Mesmo assim, é bem possível que você tenha cometido o mesmo erro que a maioria dessa minoria (entendeu?!):

 

Esquecido de colocar links para páginas do seu site!

 

Parece tão obvio, mas tão obvio, que a maioria esquece. (lembrando que se trata da maioria de uma minoria que lembrou de fazer uma página de erro personalizada! Só pra esclarecer e não ficar confuso, ok?!)

 

 

 

 

Esquecer de inserir links em sua página de erro não apenas gera a perda daquele acesso, como pode levar a uma perda de posições no ranking. Por outro lado uma página bem estruturada, com links de navegação que façam seu usuário se sentir confortável, pode minimizar as perdas a zero, e eventualmente até gerar tráfego!

 

Em uma experiência com um site de conteúdo com alto fluxo de acessos diários, criei uma página de erro 404 personalizada, onde exibíamos links randômicos a cada acesso, levando para conteúdos diferentes, e alguns até exclusivos. Essa ação levou a um crescimento de 9% nas visualizações de página.

 

Você pode utilizar os links mais importantes do seu site:

 

Só não deixe seu visitante ir embora, frustrado por não ter encontrado o que queria, e sem a chance de continuar procurando.

 

 

 

Erro #4. Utilizar Flash

 

Apesar de visualmente interessante, o flash não é indexado pelo Google, e neste ano passou a sequer ser permitido criar anúncios em flash.

 

A leitura do conteúdo exposto é praticamente nula, e isso impossibilita qualquer chance de alcançar um bom posicionamento nos resultados de busca.

 

Não obstante, a utilização de flash também prejudica a experiência do usuário e a usabilidade do site, gerando problemas como incompatibilidade com alguns navegadores, erros no redimensionamento de fonte, entre outros.

 

 

 

#Erro 5. Incluir Todos os Elementos Existentes no Universo

 

Quantas imagens, ícones, anúncios, vídeos, e outros elementos existem na sua página inicial?

 

Quantos botões de compartilhamento de redes sociais você usa?

 

Animações, Widgets, tudo isso em excesso pode tornar sua página mais lenta, e prejudicar seu bom funcionamento.

 

Às vezes menos é mais.

 

Páginas lentas afetam sua empresa de duas formas: geram uma péssima experiência para o usuário, e afetam diretamente a classificação da página nos buscadores, visto que o tempo de carregamento é um dos fatores analisados pelos motores de busca.

 

Utilize a ferramenta Page Speed Insights, do Google, para verificar seu desempenho e saber como melhorar neste aspecto.

 

 

 

#Erro Bônus: Não Otimizar Elementos On-Page

 

Uma última dica é não esquecer de otimizar os elementos On-Page, title, meta description, headings e densidade de palavra-chave. Esses elementos correspondem a 15% do algoritmo de classificação do Google.

 

Mas isso é assunto para um próximo post.

 

Busque compreender quais fatores são importantes para posicionar bem um site, e encontre um equilíbrio entre a arte e a eficiência. Tenho certeza que a união entre SEO e Design pode dar vida a projetos de grande impacto, com altas taxas de tráfego orgânico e uma experiência incrível para os usuários, chegando aos resultados que a empresa espera.

 

Se você cometeu algum destes erros, ou tem qualquer outra dúvida sobre SEO, comente aqui embaixo! 

 

-------------------------------------------------------------------------------

 

Cezar L. Choptian é especialista em SEO, e CEO da Sirius Soluções Digitais, com foco em consultoria SEO para agências. Advogado, com MBA em Marketing pela PUCPR, e cursos de Marketing Digital e SEO pela L2G (Portugal). Entusiasta no mundo das Startups, foi Diretor de Inovação e Marketing do SitePX, e é head da X Lab, que desenvolve as Startups Fix Mobile, Meus Doutores, Clube Corporativo, Media Focus e Agentus.

 

voltar para Blog

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||