Celinha Camargos e a Redhook em Curitiba

REDNEWS: Como você chegou à publicidade? CELINHA: Como qualquer jovem, não tinha certeza sobre o que queria estudar. Fiz um curso de marketing durante um ano, foi bacana, mas ainda não era aquilo. Aí eu achei que queria fazer jornalismo. Mas entrei na faculdade de RTV, experimentei um pouco de jornalismo (disciplinas comuns). No segundo ano eu cansei, resolvi mudar pra publicidade. Então, comecei a estagiar no Clube de Criação do Paraná e não saí mais do mercado.Celinha Camargos, sócia e diretora de marketing da REDHOOK. REDNEWS: Depois de mais de 10 anos trabalhando em Propaganda você acaba de inaugurar sua escola, a REDHOOK SCHOOL. Com surgiu esta ideia? CELINHA: Depois de trabalhar duro os últimos 10 anos, decidi dar um tempo, relaxar, experimentar outras coisas, estava cansada. Eu passei o último ano viajando. Planejei ir pra Dubai, quase fui pra Sidney. Mas acabei mesmo em McCormick, uma cidadezinha de 10 mil habitantes na Carolina do Sul (EUA). Uma coisa que eu queria fazer desde que eu era adolescente, era morar em outro país, experimentar outra cultura. Viajei antes, mas sempre de férias, e não é a mesma coisa. Aí no final de 2012 eu caí na estrada. Voltei pro Brasil, morei 6 meses em Sampa por conta do Young Lions Brasil, e foi uma experiência legal, passei no meu próprio teste em Sampa. Voltei pra Carolina do Sul. Então, conversando com amigos eu descobri que uma escola poderia ser um bom negócio pra mim. Eu tinha experiência na área, entendia do assunto, sempre gostei de encarar desafios, trabalhar duro. E pra completar eu tenho um ótimo network na área de comunicação. Voltei pra Curitiba em outubro de 2013, pensei mais um pouco, consultei novamente os amigos, profissionais do mercado. Com base em minha experiência e considerando a opinião deles, comecei o planejamento pra lançar a REDHOOK em dezembro. Sim, o pior mês do ano pra se fazer qualquer coisa. As pessoas só querem fechar seus jobs, comprar os presentes de Natal, planejar a viagem de ano novo, etc. Mas aí o Marcos Minini criou a marca a tempo, criou o material de divulgação da Red Week Ideas e em 15 dias, tínhamos esgotado as vagas pro evento de lançamento que durou uma semana e reuniu uma média de 100 pessoas por noite para as palestras e bate-papos com profissionais locais (Zeh Henrique da BrainxBox, Groff da Trade Mkt e Daniel Coelho da Unimed Curitiba), nacionais (Beto Fernandez da Ogilvy, Douglas Mello da JWT Brasil e Ari Piovezani da Innocentive) e internacionais (PJ Pereira da Pereira & O'Dell San Francisco, Renato Fernandez da TBWAChiatDay LA, Fred Bosch da LOLA Madrid e Jota Jr da Grey Espanha). Foi um formato novo, ousado, que misturou palestras online com outras presenciais, interação com o público. Deu medo, mas funcionou, o público curitibano aprovou e outros querem experimentar. REDNEWS: Qual o objetivo da REDHOOK? CELINHA: Eu sempre estive no centro do mercado de alguma forma, trabalhando com várias empresas e pessoas diferentes, participando de eventos dos outros ou meus e dos principais festivais de comunicação, propaganda, como Cannes na França, San Sebastian na Espanha, El Ojo e Fiapna Argentina, Gramado no Brasil, etc. Na minha rede de contatos tem desde estudantes até CCO de grandes empresas internacionais. E eu sempre gostei muito de viajar, conhecer gente, assim, a troco de nada. E muitas ideias, negócios, sempre aconteceram assim, naturalmente. Eu quis trazer pra escola um pouco de tudo que eu vi, daquilo que acredito: conexão de pessoas interessantes, culturas, experiências, novas e boas ideias, ousadia, movimento. Pensei em 3 pilares pra escola: a) Portfolio School - cursos mais focados em estudantes ou pessoas que já se formaram e buscam se inserir no mercado. Estes cursos são pensados após conversar com profissionais do mercado e descobrir qual a demanda do momento, pra que o aluno seja preparado pra atender essa demanda, assim conectamos as duas pontas; b) Lab - laboratório onde as pessoas vão experimentar coisas diferentes, eventos, workshops e cursos com conteúdos e convidados específicos, direcionado para o profissional que já está no mercado, mas também tem interesse em saber mais, em se manter atualizado, trocar informações, experimentar; c) Business - workshops, cursos in company, workshops e palestras focados em negócios, para executivos e donos de empresas, fornecedores da indústria. Coisas interessantes sempre vão acontecer onde a REDHOOK estiver. REDNEWS: E o REDNEWS? CELINHA: Surgiu como um canal mesmo, pra gente entrvistar os profissionais e falar dos temas que a gente está semprte trazendo pra escola. É uma parceria com a Lumen FM e a Tumpats, produtora de áudio. Mais uma vez a tecnologia a nosso favor permite que a gente grave com as pessoas que estão fora de Curitiba e até fora do país, como foi com a Patrícia Cotton, direto de Berlin e outros profissionais de São Paulo. Os profissionais daqui gravam direto no estúdio. E aguardem que tem mais coisas vindo por aí! REDNEWS: Como a sede da escola foi escolhida? CELINHA: Eu já tinha trabalhado na Fabrika durante 2 anos e sempre curti o clima do espaço. É uma construção histórica, uma antiga fábrica de fitas, tem um jardim central lindo e muito agradável. Os vizinhos são execelentes: Instituto GoetheAliança Francesa, Instituto Cervantes, entre outras empresas. É um centro cultural no coração de Curitiba, que atrai um público com perfil muito interessante.REDNEWS: A REDHOOK vai ficar só em Curitiba? CELINHA: Depois da Red Week Ideas Curitiba, alguns amigos, profissionais de outras cidades, perguntaram se poderíamos fazer algo assim por lá. Escolhemos coordenadores em cada uma dessas cidades, fechamos um formato e em breve vamos levar profissionais e conteúdos interessantes pra essas cidades também. Só pra citar uma que já está com agenda fechada: Campinas, sob coordenação do Bruno Cantarim, planner da Giovanni, com a juda do Elson da MGB e da Larissa. Em Campinas, o evento tem o apoio da APP Campinas e acontece nos dias 27, 28 e 29 de março no auditório da AMCHAM Campinas. Os convidados já confirmados são o Marcio Beauclair da África, Felipe Hauck da AlmapBBDO, Renato Fernandez da TBWAChiatDay Los Angeles,Christiano Neves da JWT Londres, Kleber Menezes da BBDO NY e mais 3 convidados do mercado local. Em breve anunciaremos as demais cidades, coordenadores e convidados. REDNEWS: Você é bastante conhecida no meio publicitário. Tem alguma dica para a construção de uma rede de contatos eficiente?CELINHA: Acho que esse meu network é muito em função de eu ter tido muita sorte, sempre encontrei pessoas muito boas que me apadrinharam, que me ensinaram muito. Claro que eu aproveitei todas as oportunidades que tive, levei tudo sempre muito a sério e trabalhei duro. E profissionalmente sempre fui muito eu mesma: simples, teimosa, persistente, esforçada. Então deixo as dicas com base em minha experiência: seja comprometido, esforçado, trabalhe duro, aprenda sempre, cumpra seus compromissos, ajude as pessoas mesmo sem te pedirem e não espere nada em troca, não puxe o saco de ninguém (puxa sacos são chatos demais, já vi muitos puxando saco dos meus chefes, eles não gostavam), seja sincero com as pessoas, brigue quando acreditar que é preciso, seja sempre grato e retribua a gentileza às pessoas que te ajudam de qualquer forma, aproxime-se de pessoas positivas que acreditam no meio copo cheio, tente mais uma vez, mesmo quando te disserem que não dá, faça mil coisas com mil pessoas ao mesmo tempo, e dê sempre um jeito de conseguir energia pra acordar feliz e começar tudo de novo no dia seguinte. E venha pra REDHOOK pelo menos me visitar! O endereço está aqui:www.redhookschool.com

 

voltar para Blog

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||