Concorrências e contas públicas

Concorrências e contas públicas

concorrencia, conta publica, ale tauchmann

Alguns assuntos são reincidentes no nosso segmento. O primeiro é concorrências e o segundo é contas públicas. E nem preciso listar os motivos que despertam tantos debates. Todos sabem.  Mas esse "todos sabem" é difícil de engolir. Para o segundo, sempre foi "não". A Taste não atende contas públicas e nem faz campanha política para ninguém.

Para o primeiro, já abrimos exceções. E isso foi um problema. Ninguém gosta de trabalhar de graça, entregando ideias e estratégia sem ser remunerado por isso. Aceitar entrar em um processo de concorrência, na maioria das vezes mal administrado, com objetivos pouco claros ou com pouca informação é dolorido demais.

Já ouvi dezenas de desculpas de quem promove a concorrência e de quem participa dela. E, sinceramente, entendo os motivos, mas concordo com bem poucos. Pelo lado de quem faz a concorrência, entendo que é muito complicado comprar um produto pelo qual não se está vendo. Existe um mar de incertezas dentro dessa decisão. Mas tenho uma opinião sobre isso: a agência que ganha a concorrência, em pouquíssimos casos, é a mesma que você terá no seu dia a dia.

Existem muitas formas seguras de selecionar um parceiro sem fazê-lo trabalhar de graça. Basta querer e realmente se importar, afinal, ele será seu parceiro. E se ainda assim houverem dúvidas, basta remunerá-las para que elas participem de uma seleção. Como já mencionei, já participamos de pouquíssimas concorrências. E tivemos a certeza que nosso modelo de trabalho não comporta trabalho especulativo. 

Hoje em dia praticamos o pedagógico "não. muito obrigado”. Agradecemos e nos colocamos a disposição para conversar e nos apresentar. Isso tem nos tirado oportunidades, é claro, mas não o sono. O mercado não precisa de campanhas contra concorrência e sim de mais nãos de quem faz o mercado.


-------------------------------------------------------------------
Ale Tauchmann é designer e diretor de arte. Já teve trabalhos publicados em diversos anuários, sites e revistas especializadas, além de prêmios em festivais nacionais e internacionais de design e propaganda. Trabalhou em projetos de design para marcas reconhecidas no Brasil e exterior, como: Fnac, O Boticário, Philip Morris, MTV, Lilica Ripilica, Docol, Briggs Straton, Ipanema, Danone, Grupo Multiplan, entre outras.Foi um dos fundadores da Prodesign- PR, Associação de Design do Paraná, onde atuou como Diretor de Comunicação. Atualmente é Diretor de Criação da Taste, agência de construção e posicionamento de marca que trabalha com design, digital e propaganda.

 

voltar para Blog

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||