De Curitiba para New York: conheça o young paranaense de 2011

De Curitiba para New York: conheça o young paranaense de 2011

Marco Pupo, Redator da Grey NY 

RED NEWS: Conte um pouco sobre sua experiência profissional, como você iniciou sua carreira até chegar onde está hoje. MARCO PUPO: Depois de ter trabalhado como bancário, fotógrafo de casamento e vendedor de vinhos, finalmente consegui um estágio na Bronx (valeu, Ale). Depois, passei pela Heads, Master e JWT Curitiba. De lá, recebi um convite do Mario D’Andrea para ir para São Paulo (valeu, Seu Mario). Foi a melhor coisa que fiz na carreira. O mercado é muito maior, cheio de oportunidades e com muita gente boa. Um exemplo: na Ogilvy trabalhei exatamente na frente do Hugo Veiga e Diego Machado, que são os caras que fizeram Dove Real Beauty Sketches. Tive a oportunidade de ver eles trabalhando na campanha desde o começo. Lá, também, comecei a duplar com o João Coutinho, um D.A português que é meu dupla até hoje. Hoje somos Associate Creative Directors na Grey de NY. RED NEWS:Em que ano você foi young e porque decidiu se inscrever? MARCO PUPO: Fui Young Lion em 2011. Decidi me inscrever pelo mesmo motivo que todo mundo: ir pra Cannes na faixa. RED NEWS: Você acha que ser um dos jovens profissionais selecionados pra delegação brasileira de youngs contribuiu de alguma forma pra sua carreira? Como? MARCO PUPO: Totalmente. Primeiro, porque o mercado acaba dando mais atenção para quem ganha o Young. Mas, principalmente, porque pra ganhar o Young você tem que se dedicar muito mais. E aí você acaba produzindo mais trabalhos legais, que melhoram seu portfolio e muitas vezes fazem você ganhar mais prêmios. Por exemplo, no ano que ganhei o Young, me esforcei tanto que acabei ganhando um leão e outros prêmios internacionais. RED NEWS: Como você acha que os participantes podem se beneficiar do programa? Qual seria o maior benefício, do seu ponto de vista?MARCO PUPO: Existem vários pontos positivos. Mas talvez o melhor seja a exposição do seu trabalho para o mercado. Vários jurados são diretores de criação de boas agências. É um bom jeito de fazer seu trabalho chegar até eles. RED NEWS: Você agora está atuando fora do país, mas tem uma experiência bacana no mercado paranaense e nacional. Que conselho você daria a quem está pensando em dar uma movimentada na carreira, respirar novos ares? MARCO PUPO: Eu acho que todo mundo deve movimentar a carreira em algum momento. Quando você troca de mercado ou de agência, você conhece outros profissionais que pensam diferente de você. E isso é fundamental pra criação. É igual viajar. Você tem suas verdades, mas quando conhece outras culturas descobre que existem outros jeitos de pensar.RED NEWS: Conta um pouco dessa experiência como young em Cannes e qual a melhor lição que você trouxe do Festival. MARCO PUPO: Ir pra Cannes vale muito a pena, especialmente se você não precisa pagar aquele valor bizarro da inscrição. Ouço muita gente falando: “mas ir pra Cannes pra quê, se você vê todos os trabalhos pela internet?”. Não é só isso. Quando você só vê pela internet, tudo parece muito mais distante. Especialmente para quem é de um mercado menor. Parece que você nunca vai conseguir fazer aquilo. Quando você vai pra Cannes, você toma uma cerveja com o cara que fez as ideias. E isso faz toda a diferença. RED NEWS: Que dicas você deixa para o young 2014? MARCO PUPO: Publicitários adoram o glamour de pagar 12 euros por uma cerveja quente num copo plástico de choppada universitária. Como você é Young e provavelmente estará na pindaíba (também conhecida como sopa rala), minha dica é andar duas quadras pra trás do Martinez. Lá tem uma padoquinha que vende a mesma cerveja quente por 1 euro. Pra não perder o glamour de pagar caro, diga que custou 100 cents. O nome do young paranaense de 2014 será divulgado nesta quinta-feira à noite em evento na Redhook. Antes do anúncio tem um bate-papo com os ex youngs paranaenses Beto Fernandez (young 1997), Caro Rebello (young 2013), Marcos Zanatti (young 1996) e outro ex young que não é paranaense, mas é um destaque criativo do mercado nacional: Ricardo Chester (África). A princípio o evento é exclusivo para os inscritos no Young Lions Paraná 2014, patrocinadores, parceiros e apoiadores. Mas se quiser entrar na lista de espera e tentar uma vaga, escreva para contato@redhookschool.com.

 

voltar para Blog

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||