Fotos Não Capturam Momentos, Mas Lembranças

Fotos Não Capturam Momentos, Mas Lembranças

Deniz Abruzzo | Diretor e Proprietário do Estúdio Abruzzo
 
 

 

  

É comum ouvirmos dizer que tal foto capturou o momento; a ação exata de um instante crucial, ou nem tanto assim, porém, importante na vida de alguém. Acredito eu que a foto não apenas duplique em imagem estática esse instante, mas compacta a ponto de torná-la uma história particular, agregando ao ato da fotografia todas as sensações que sentimos naquele período vivido, como cheiros, temperaturas e humores.

 A fotografia é nossa arma em forma de arte contra as armadilhas do tempo. Elas carregam movimento e identidade. Guardam fragmentos das nossas vidas e, em consequência, respiram por si mesmas. Vejam, elas marcam períodos e dão ângulos e pontos de vista, não revelam, mas mostram um sentimento. Tornando-se pontes para essas sensações preciosas que guardamos no coração e que o dia-a-dia e a rotina, sorrateiramente, cobrem e nos fazem esquecer.

Então dizer que a foto captura o momento seja apenas uma declaração minimalista do poder que a fotografia pode causar. Não que não seja verdade a constatação, mas acredito no vínculo profundo que existe entre o fotógrafo e o instante inspirador; da involuntária vontade se se viver outra vez aquela história das nossas vidas, mesmo no formato compactado de uma imagem. Porém se uma foto é uma história no meio do caminho, sem início e sem fim, há realmente limite para as experiências que o observador pode sentir? Pelo contrário, talvez aumente com o passar dos dias. Tornando-se mais preciosas.

A fotografia tem esse poder. E assim vivo por ela, e nela também sobrevivo, pois a cada foto me torno imortal e um melhor contador de histórias. 

 

---------------------------------------------------------------------------

O mercado todo conhece o Denizio Oliveira Alves ou apenas Deniz Abruzzo como fotógrafo e como uma pessoa, digamos, muito alto astral. Mas o que quase ninguém sabe é que este paranaense iniciou sua vida profissional nos anos 80. No auge das cores fortes, das mangas bufantes e das polainas. E que, logo depois, nos anos 90, trabalhou por seis anos em São Paulo, como aprendiz de fotografia publicitária. Hoje, Deniz é Diretor Geral de Fotografia na Abruzzo, especialista em foto de produtos, moda, modelos e campanhas publicitárias. Também domina técnicas de iluminação, construção e composição de cenários e fotos de estúdio. Como todo bom fotógrafo, é curioso ao extremo. Da ideia de algum dia ter pensado em ser um físico, tirou apenas o lado de pesquisador incansável em busca de imagens criativas. Ainda bem.

 


 

 

 

 

 

voltar para Blog

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||