Gestão de pessoas: o desafio de gerenciar cérebros

Gestão de pessoas: o desafio de gerenciar cérebros

 

Izabel é uma das maiores especialistas em comportamento humano da atualidade. Passou 12 anos pesquisando a Competência Humanidade sob a ótica da evolução das emoções. Especialista em Neurolinguistica e autora do livro "Pensamentos Determinam Vidas- Seu cérebro ao alcance de suas mãos", criou seu próprio método de amadurecimento emocional que vem sendo utilizado há 8 anos com resultados surpreendentes em empresas, times de futebol, moda, escolas e comunidades do Rio de Janeiro. Na área de Gestão de pessoas é referência no processo de up date do RH para o TH (Talento Humano). Entre seus trabalhos de maior destaque estão a conquista do Botafogo no campeonato estadual 2006 com a equipe de futebol profissional após um jejum de 8 anos sem títulos, o programa Personal Emotions que objetiva o condicionamento emocional saudável e a assinatura da coleção MEMO - Memórias do Futuro do coletivo criativo OESTUDIO, apresentada no Fashion Rio PRI/VER 2014.

RED NEWS: Por que Engenharia de ser?
IZABEL: É fato que existe uma estrutura que nos torna humanos uma parte dela acontece pela genética mas e a ambiental? Que estímulos recebemos do meio que vivemos direcionados intencionalmente a essa construção do nosso ser? Eu queria entender como funcionava essa dinâmica para poder replicar facilitando o processo de humanização do indivíduo.

RED NEWS: Entender e administrar as emoções pode mesmo nos ajudar a mudar nossas vidas (pessoal e profissional)? 
IZABEL: Todos nós temos disponível um sistema emocional altamente inteligente e saudável, por pouco uso ficamos limitados a emoções de poucos recursos. A ótima notícia é a incrível capacidade do cérebro de aprender rapidamente, no momento que você começa a exercitar os “músculos” da coragem, resiliência e proação por exemplo sua vida é proporcionalmente impactada com os efeitos benéficos dessa prática.

RED NEWS: Qual a importância do RH, gestão de pessoas dentro das empresas?
IZABEL: O sucesso das empresas está diretamente ligado à capacidade da liderança moderna de aprender cada vez mais a gestão direcionada no cérebro humano. CONEXÃO CÉREBRO RH, como renovar o setor vital dentro de nossas empresas: o de Talento Humano. Desde o surgimento da era do conhecimento, nos anos 80, e a década do cérebro, nos anos 90, repaginamos por completo o termo “mão de obra” que reduz o colaborador a um mero participante mecânico atuando de forma limitada dentro da empresa. Foi justamente aí que surgiu a expressão “cérebro de obra”. Nesse exato momento, as empresas descobriram o óbvio: as pessoas são melhores e produzem mais quando pensam! Se é o cérebro o agente responsável por toda produção de comportamentos, emoções, escolhas, decisões, planejamento entre outras muitas coisas, deveria ser ele o foco central da nossa atenção e investimento. Quando temos um problema e queremos solucioná-lo, vamos diretamente à causa e não ao efeito provocado por ele. Hoje, é fundamental cérebros ativos, saudáveis e estimulados. A sociedade precisa urgentemente de seres humanos que desenvolvam e utilizem a maior de suas potencialidades: sua atividade cognitiva.

RED NEWS: E a Neurociência?
IZABEL: A Neurociência (Ciência que estuda como o cérebro produz o comportamento humano) e a Neurolinguística nos possibilitam criar estratégias práticas para serem implementadas no segmento de RH.

RED NEWS: Quais são as principais vantagens práticas para um profissional, é possível perceber isso no dia a dia?
IZABEL: O seu rendimento fica diretamente proporcional ao seu equilíbrio interno, você começa a evidenciar diariamente benefícios físicos, relacionais e produtivos.  

RED NEWS: E como isso beneficia os negócios?
IZABEL: Toda concepção de business está ligada a pessoas criativas em ação, todo potencial criativo do cérebro é atingido quando o indivíduo está equalizando bem suas emoções. 
A maioria das soluções das empresas surgem desse quoeficiente da criatividade.

RED NEWS: Qual a principal dificuldade que vc percebe nas pessoas ao tentar entender suas emoções?
IZABEL: Um dos grandes complicadores é o fato de nossa cultura ter um olhar negativo para as emoções, aprendemos que nossas emoções só nos atrapalham que ser frio e agir com a cabeça é que é o correto. O cérebro funciona como uma grande orquestra não tem como separar partes. 
Esse grande engano cultural de que a razão está acima e separada das emoções é sem dúvida um grande câncer social.

RED NEWS: Que dicas você deixa pra quem tem interesse no assunto e gostaria de se aprofundar mais? 
IZABEL: Uma leitura que gosto muito é do livro “O erro de Descartes” do Antonio Damásio,  esse livro é uma grande tomada de consciência da suprema importância do nosso mundo emocional.

A Izabel Monteverde ministra o workshop "Upside Down Thiking" junto com Patrícia Cotton nos dias 10 e 11 de março das 19h às 22h na Redhook. Infos: contato@redhookschool.com | 41 3524 9702

voltar para Blog

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||