Identidade visual e a capacidade de agradar os sentidos

Identidade visual e a capacidade de agradar os sentidos

Gustavo Greco, Diretor da Greco Design, de Belo Horizonte

RED NEWS: Você é advogado de formação, certo? E seu interesse pelo design, quando surgiu?
GUSTAVO: Comecei estudando Direito na Faculdade Milton Campos, mas me interessei pelo design no curso de Publicidade e Propaganda da PUC Minas, que cursava simultaneamente. Embora eu tivesse acabado de passar no exame da OAB, fiz uma pós-graduação em Gestão Estratégica de Marketing e, pouco depois, abri meu primeiro escritório de design com duas amigas. Após terminar a sociedade e passar por outras experiências profissionais, em 2005, resolvi seguir meu próprio caminho fundando a Greco Design, que atua principalmente com projetos de identidade visual, sinalização e editoriais.

RED NEWS: Em 2012 a Greco levou o leão de bronze em Cannes. Em 2013, levou o de prata pela identidade visual da IV Bienal Brasileira de Design, mas desta vez você também era jurado. Como é esta experiência?
GUSTAVO: Ambas são experiências excitantes e muito relevantes. Receber prêmios endossa o nosso trabalho, aumenta nossa reputação e nos deixa em evidência. Isso contribui para que novas oportunidades apareçam. Prêmios promovem também uma espécie de reconhecimento para o cliente que nos permitiu resolver seu problema de design daquela maneira. Ser um jurado é uma oportunidade de avaliar as melhores soluções de design de todo o mundo e discuti-las com profissionais altamente qualificados. Temos a tarefa de escolher e divulgar os melhores projetos de design e, por consequência, aumentar a consciência das pessoas sobre a importância da disciplina.
Ter um trabalho concorrendo em um festival no qual você é jurado é angustiante. Cannes é muito severo quanto às regras: além de você não poder votar no próprio trabalho (é claro), sempre que nosso projeto vinha para a discussão do júri eu era obrigado a sair da sala. Os momentos que esperava lá fora pela decisão pareciam não ter fim (risos).

RED NEWS: O que você considera essencial na criação da identidade visual de uma empresa?
GUSTAVO: Bons sistemas de identidade visual são memoráveis e capazes de dosar flexibilidade de expressão e consistência nas aplicações. Devem apelar para os sentidos, deixar as diferenças daquela marca evidentes e materializar o seu propósito. Para tanto, é fundamental que se conheça o negócio do cliente e seu universo simbólico.

RED NEWS: Como você definiria o jeito Greco de desenvolver identidades?
GUSTAVO: Eu definiria nossos projetos de identidade como bons exercícios de síntese, com desdobramentos que agradam os sentidos.

 

voltar para Blog

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||