Os décimos mais importantes da sua carreira.

Os décimos mais importantes da sua carreira

Artur Lipori, redator com passagens pela Bronx, Heads, CCZ, Babel, JWT e Master. Vencedor do Young Lions de 2012.

Em vez de nos dar uma entrevista, o Artur escreveu um texto pro nosso blog sobre sua experiência como candidato e jurado do Young Lions Brazil. E deixou várias dicas importantes pra quem irá concorrer em 2015. Confere aí.


Os décimos mais importantes da sua carreira.

Há dois anos eu estava enlouquecidamente tentando ser Young. Montava meu portfolio com o maior cuidado, na esperança de conseguir a tão sonhada viagem para Cannes. Na ânsia de montar uma pasta competitiva, uma coisa passava pela minha cabeça: preciso mostrar minha pluralidade. Mostrar que tenho trabalhos em print, em radio, em filme, em online, em ambient media, em apps, em PR.

Dois anos se passaram e hoje, do outro lado do balcão, eu vejo que essa visão me levou (e leva muita gente) a cometer um erro crasso: priorizar a variedade e esquecer a qualidade. É claro que uma pasta que engloba várias mídias desperta interesse de qualquer jurado. Mas, por outro lado, nada brocha mais do que uma peça que destoa. Aquela que joga para baixo. Aquele spot safado que você só colocou pra ter uma peça de rádio. Se você tem uma pasta boa, colocar a peça mediana te faz perder décimos preciosos. A lógica é simples. Matemática. Ao ver sua pasta, o jurado dá nota peça a peça. Você tem peças legais e recebe um 8, depois um 7, em seguida um 9, e aí, de repente, como se todo o seu critério sumisse numa virada de página, surge aquele filme de varejo honesto que você decidiu colocar porque era seu único filme. Pronto: você acaba de ganhar um 4 naquela peça. Sua media que era 8 (8 7 9) acaba de desabar para 7 (8 7 9 4). Isso não se faz em uma competição acirrada como o Young Lions. Para ilustrar na prática o que aconteceu: você, para mostrar sua pluralidade, acaba de perder valiosas 10 posições. Pior. Se você tinha a 4ª melhor nota, acaba de figurar em 14º lugar. Numa bobeira, adeus shortlist. Claro que esse exemplo é um pouco exagerado. O jurado entende esses deslizes e, por muitas vezes, não é tão severo com a sua peça destoante. Mas sim, ele abaixa a sua nota. E lá se vão alguns dos décimos mais importantes da sua carreira.

Portanto, quando 2015 chegar e você novamente montar seu portfolio, pense com carinho. Mostre sua pasta para os jurados antes da competição, vá no Portfolio Night, mostre também para o seu diretor de criação. Reconheça as ovelhas desgarradas do bando. Depois, é só tirar fora, sem pena. Fique só com o que tem de melhor. Ninguém vai contar se o seu portfolio tem 11 ou 8 peças. Lembre-se: você não está no Young para mostrar que é plural. Está lá para mostrar que é bom em um negócio chamado propaganda.

 

voltar para Blog

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||