Planejamento não é uma área, é um pensamento, um jeito de trabalhar

Planejamento não é uma área, é um pensamento, um jeito de trabalhar

 

Daniela Bombonato, Diretora Executiva de Planejamento da Etco. A WPP Company

RED NEWS: Conte um pouco do seu início, como se interessou pela Publicidade. DANIELA: Hoje, olhando para trás,  vejo que desde menina tinha uma certa intimidade com comunicação e marketing. Eu inventava e desenhava uns produtos bem loucos e escrevia slogans para eles. Bem ruins, na verdade, hahaha. Mas sempre bem humorados e divertidos. A gente sempre acha que vai para a criação (na minha época isso era ainda mais forte), mas na prática o primeiro grande estágio mesmo foi em planejamento, na Guimarães em São Paulo (agência que ajudou a construir a marca Natura) , e desde lá eu nunca mais saí da área. Lá, eu comecei estagiária e depois de uns meses fui contratada. Eu me apaixonei de um jeito que aí já se vão 16 anos! A Guimarães foi para mim uma super escola. Devo muito da minha base e fundamentos sobre marcas ao Ricardo Guimarães. Tudo que depois eu fui viver em agências maiores, como Leo Burnett e Ogilvy, só agregou à base que eu tive. Para quem trabalha em propaganda, estágio realmente já é trabalho. Tem que fazer e entrar de cabeça.

RED NEWS: Em grandes agências, existe um departamento responsável pelo planejamento. Como aplicar isto em uma pequena agência? DANIELA: Planejamento, na minha visão, não é uma área, mas um pensamento, um jeito de trabalhar. Qualquer pessoa pode analisar a concorrência, entender o mercado, estar sintonizada com o comportamento das pessoas, fazer mil perguntas ao cliente para entender bem o desafio e num bate papo com a equipe, pensar numa oportunidade para a marca. Nós, publicitários, somos todos planejadores em potencial.

RED NEWS: O cliente nem sempre tem definido seu objetivo. Neste momento, qual o papel do planejador? DANIELA: Fazer perguntas e ajudá-lo a definir bem seu problema. Muitos planejadores ficam pressionando o cliente por respostas quando, na verdade, a gente tem que fazer boas perguntas para ajudá-lo a elaborar seu problema e passar uma tarefa para a agência.

RED NEWS: Quando o reposicionamento de uma marca é necessário? Quais são os passos para a mudança? DANIELA: Eu uma vez ouvi uma frase que eu levo comigo sempre: “Quando o mundo ou as pessoas evoluem mais rápido do que a sua empresa ou sua marca, é hora de se reposicionar”. Alguns passos básicos para desenhar a estratégia de mudança são: entender onde está sua marca hoje (imagem, vendas, categorias que vão melhor e pior, quem compra compra por que, quem não compra não compra por quê?) Entender para onde estão indo as pessoas (interesses, comportamentos, tendências macro), mapear a fundo a concorrência no Brasil e exterior (que mercados já passaram pela mesma fase que nós nos quais podemos nos inspirar?) e, sempre que der, entrevistar pessoas da empresa para entender a realidade interna e pagar o “pulso” da companhia. Acredito muito que as melhores estratégias estão alinhadas com o momento atual da empresa. Enfim, começa aí o nosso quebra cabeça. Tudo sempre discutido e compartilhado com o time da agência. Trocar agrega muito. Quanto mais pontos de vista, mais amarrada e forte sai a estratégia.

Thiago Martins, publicitário e professor de Empreendedorismo, Tecnologia e Comunicação Digital na Unipar, Umuarama (PR) RED NEWS: Conta um pouco da sua história, sua experiência profissional e acadêmica. THIAGO: Sou publicitário, pós-graduado em Administração de Marketing e mestrando em Comunicação em Linguagens. Atuo há mais de 10 anos no mercado publicitário atendendo clientes de pequeno, médio e grande porte, marcas como Morena Rosa, Recco, Unopar, Unimed, entre outras. Na vida acadêmica, sou professor há 5 anos nas áreas de Empreendedorismo, Tecnologia e Comunicação Digital. RED NEWS:Pode nos contar brevemente sobre a Unipar e listar os prós e contras de atuar no interior do estado?THIAGO: A Unipar é uma das maiores instituições de ensino do Sul do Brasil, entre as 10 melhores do sul do país (dados da RUF). Contras: mercado ainda está "verde", entrando agora no amadurecimento, poucos profissionais com nível sênior. Prós: é um mercado sempre crescente, o interior é uma região em grande desenvolvimento no Brasil. RED NEWS: Qual o perfil do mercado de comunicação local (Umuarama, Cianorte, Cascavel…), quais são os principais clientes, formatos das agências (criação, mídia, planejamento ou tudo junto, quantidade de profissionais), colocação de estudantes formados no mercado? THIAGO: Na nossa região as agências são em sua maioria pequenas, até 9 funcionários, as maiores chegam até 30, pelo grande crescimento da região o mercado tem empregado os estudantes ainda no primeiro ano de faculdade, tanto para agências, como para veículos e empresas privadas. Existem grandes indústrias em nossa região (moda, moveleira, alimentícias, entre outras.) RED NEWS:Como vocês têm trabalhado na Unipar pra poder atender a demanda do mercado de comunicação por bons profissionais? THIAGO: Equilíbrio entre a teoria e prática tem auxiliado na formação dos acadêmicos. O curso também possui laboratórios de atividades práticas como a Agência Experimental, TV e Rádio Universitária que auxiliam nesta ligação da teoria com as práticas. A proposta de trazer profissionais tanto de agências, quanto da mídia para participar ativamente com o curso também tem ajudado. RED NEWS: Quais os benefícios de se levar profissionais de fora do mercado, fora da universidade, para cursos e workshops dentro da instituição? THIAGO: Uma aproximação entre a teoria e a prática dita por quem vive seu dia a dia abrindo novos olhares e novas realidades. RED NEWS: Na sua opinião, qual seria o perfil do futuro, ou quem sabe atual, profissional de comunicação/propaganda, quais seriam as características essenciais pra um bom profissional? THIAGO: Acredito que o bom profissional está ligado a sua dedicação e à colaboração, não somente ao conhecimento das técnicas publicitárias, mas passamos por um momento onde o mundo e as pessoas são multi-tarefas e hiperconectadas, assim o novo profissional deve estar cada vez mais alerta às novas informações como também ser comprometido e estratégico na entrega da sua promessa.
Thiago Martins, publicitário e professor de Empreendedorismo, Tecnologia e Comunicação Digital na Unipar, Umuarama (PR) RED NEWS: Conta um pouco da sua história, sua experiência profissional e acadêmica. THIAGO: Sou publicitário, pós-graduado em Administração de Marketing e mestrando em Comunicação em Linguagens. Atuo há mais de 10 anos no mercado publicitário atendendo clientes de pequeno, médio e grande porte, marcas como Morena Rosa, Recco, Unopar, Unimed, entre outras. Na vida acadêmica, sou professor há 5 anos nas áreas de Empreendedorismo, Tecnologia e Comunicação Digital. RED NEWS:Pode nos contar brevemente sobre a Unipar e listar os prós e contras de atuar no interior do estado?THIAGO: A Unipar é uma das maiores instituições de ensino do Sul do Brasil, entre as 10 melhores do sul do país (dados da RUF). Contras: mercado ainda está "verde", entrando agora no amadurecimento, poucos profissionais com nível sênior. Prós: é um mercado sempre crescente, o interior é uma região em grande desenvolvimento no Brasil. RED NEWS: Qual o perfil do mercado de comunicação local (Umuarama, Cianorte, Cascavel…), quais são os principais clientes, formatos das agências (criação, mídia, planejamento ou tudo junto, quantidade de profissionais), colocação de estudantes formados no mercado? THIAGO: Na nossa região as agências são em sua maioria pequenas, até 9 funcionários, as maiores chegam até 30, pelo grande crescimento da região o mercado tem empregado os estudantes ainda no primeiro ano de faculdade, tanto para agências, como para veículos e empresas privadas. Existem grandes indústrias em nossa região (moda, moveleira, alimentícias, entre outras.) RED NEWS:Como vocês têm trabalhado na Unipar pra poder atender a demanda do mercado de comunicação por bons profissionais? THIAGO: Equilíbrio entre a teoria e prática tem auxiliado na formação dos acadêmicos. O curso também possui laboratórios de atividades práticas como a Agência Experimental, TV e Rádio Universitária que auxiliam nesta ligação da teoria com as práticas. A proposta de trazer profissionais tanto de agências, quanto da mídia para participar ativamente com o curso também tem ajudado. RED NEWS: Quais os benefícios de se levar profissionais de fora do mercado, fora da universidade, para cursos e workshops dentro da instituição? THIAGO: Uma aproximação entre a teoria e a prática dita por quem vive seu dia a dia abrindo novos olhares e novas realidades. RED NEWS: Na sua opinião, qual seria o perfil do futuro, ou quem sabe atual, profissional de comunicação/propaganda, quais seriam as características essenciais pra um bom profissional? THIAGO: Acredito que o bom profissional está ligado a sua dedicação e à colaboração, não somente ao conhecimento das técnicas publicitárias, mas passamos por um momento onde o mundo e as pessoas são multi-tarefas e hiperconectadas, assim o novo profissional deve estar cada vez mais alerta às novas informações como também ser comprometido e estratégico na entrega da sua promessa.

voltar para Blog

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||