Rafael Oliveira na delegação de youngs brasileiros de 2006

Rafael Oliveira na delegação de youngs brasileiros de 2006

 

Rafael Oliveira, sócio da Modern, young lion em 2006. 

 

RED NEWS: Conte um pouco sobre sua experiência profissional, como você iniciou sua carreira até chegar onde está hoje. RAFAEL: Na verdade iniciei minha carreira antes mesmo de entrar na faculdade. Quando notei que fazia questão de não mudar de canal quando começava o intervalo comercial, percebi que publicidade ia acabar virando profissão. Foi então que aos 16 anos consegui meu primeiro estágio. De lá até abrir a minha própria agência foram alguns anos de bastante trabalho. Fiz questão de trabalhar nas principais agências do mercado para compreender melhor o método de trabalho de cada uma delas e diferentes visões criativas. Coincidência ou não, conheci também algumas das melhores pizzarias da cidade. Todo esse caminho ajudou muito na concepção da Modern, agência que criei com meu sócio Victor Beuren há 7 anos. RED NEWS: Em que ano você foi young e o que te motivou a se inscrever na época? RAFAEL: Conquistei em 2006. Ser Young Lion sempre foi um objetivo de qualquer jovem profissional, especialmente de criação. Tive a oportunidade de conquistar um lugar na categoria nacional do Prêmio, que foi um reconhecimento muito legal para meu trabalho, já que tinha acabado de sair da Universidade. RED NEWS: Aconteceu alguma mudança em sua carreira depois e você acha que isso se deve ao fato de você ter sido selecionado como young? RAFAEL: Acredito que ter o adesivo do Young Liong na mochila tenha colaborado bastante para minha carreira. Após retornar da França, recebi convite para ser  Redator de uma das maiores agências do país e também para trabalhar na Inglaterra. Na ocasião, preferi me dedicar a abrir o meu próprio negócio, mais direcionado à filosofia que gostaria de trabalhar. RED NEWS: Como você acha que os participantes podem se beneficiar do programa? RAFAEL: Os benefícios são vários, mas dependem muito de como cada um irá aproveitar o Festival. Você vai ver os melhores trabalhos do mundo (talvez alguns dos piores também), assistir a seminários com diversas pessoas interessantes, estar por dentro das principais tendências, conhecer alguns dos profissionais mais significativos do mercado global e participar de festas open bar com o o pé na areia. Ou conhecer uma francesa, ficar por lá e morar na Côte d'Azur. O que convenhamos, não é uma má ideia também. RED NEWS: Há quanto tempo você tem sua própria agência? Qual o maior desafio de empreender, do seu ponto de vista? RAFAEL: A Modern possui 7 anos. Acredito que o principal desafio é você entender que o processo criativo vai muito além do departamento de criação em uma agência. A filosofia de inovação deve estar presente em absolutamente todos os setores da empresa. Como se não bastasse, você descobre que ser apenas criativo ainda é muito pouco. Você precisa entender que a excelência no atendimento tem que acompanhar todo o processo em todos os momentos. E, como em qualquer outro negócio, o mais importante é você entender as pessoas. Compreender sua equipe, parceiros e clientes. A linha que define a divisão ideal entre motivação, cobrança e exigência também é muito pequena e você deve estar sempre atento a ela, mesmo que ela não esteja muito atento a você na maioria das vezes. RED NEWS: Como foi o seu dia a dia como young em Cannes? Que conselho você daria ao young 2014 que irá pela primeira vez RAFAEL: Aproveitei bem. Distribuía bem o tempo entre os diversos assuntos do Festival e a noite sempre sobrava um tempo para conhecer um pouco a cidade. Apesar de nos últimos dias ter que sobreviver a custas de croissant, ainda sobrou um dinheirinho para pagar o trem para Monaco, que fica a poucos minutos de Cannes Poderia dar vários conselhos, mas acho que o legal dessa experiência é você descobrir um pouco sozinho mesmo.Não ter um guia de viagem é na maioria das vezes a melhor maneira de você ter experiência que os outros não tiveram.  Mas a dica que posso dar é para o Young procurar aproveitar ao máximo o seu tempo. Pegue a programação e selecione muito bem o que você quer ver, tudo acontece ao mesmo tempo. Não deixe de reservar um tempinho também para fazer contatos com alguns dos profissionais que você admira, só não seja chato. Ah, capriche na foto da credencial, ela vai ficar no seu pescoço a semana toda. As inscrições para o Young Lions Paraná 2014 estão abertas até dia 22/04, quando todas as pastas devem ser entregues na Redhook. O regulamento e a ficha de inscrição podem ser acessados no link: www.redhookschool.com/younglionspr. No dia 23 acontecerá o julgamento das pastas por um juri composto por ex youngs. No mesmo dia sai um shortlist com os 5 melhores colocados. E no dia 24 de abril tem a divulgação do nome do vencedor em uma noite especial com Roberto Fernandez (Ogilvy),  Marcos Zanatti (Fortiideias e primeiro young do Paraná), Ricardo Chester (Africa e ex young) e Caro Rebello, que representou o Paraná na delegação brasileira de youngs em 2013.

voltar para Blog

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||