Sua marca sumiu. E daí?

Sua marca sumiu. E daí?

 

Sua marca sumiu. E daí?

Por Viviane Camargo*
 

De tudo o que acompanhei no Festival de Cannes deste ano, elegi a palestra do iraniano Amir Kassaei, Chief Creative Officer da DDB Worldwide, como a melhor lição.

Ao criticar a hiper valorização da indústria dos prêmios, alegando que ela apenas incentiva a cegueira do mundo da comunicação sobre a realidade, ele abriu o debate sobre a relevância do trabalho dos marqueteiros, planejadores e criativos no mundo além das paredes do Palais.


Através de suas duras palavras, parei pra refletir sobre a real importância das marcas para os seres humanos de carne e osso:

“Vejo trabalhadores da construção, empregadas de lojas, gente que trabalha e muito cedo já sai para deixar os filhos na escola antes de um dia longo. Aquelas pessoas não estão interessadas naquilo que fazemos. Não estão interessadas em publicidade. Não estão interessadas em marcas. E nós estamos a esquecer-nos disso, nós perdemos o foco das pessoas reais."

No processo de branding, partimos sempre do princípio que temos que traduzir a verdade da marca (o que ela entrega e o que NÃO entrega, o que ela se propõe a resolver e o que NÃO conseguirá resolver, entre outras questões) para ser RELEVANTE na vida das pessoas.

Mas o que é ser realmente relevante?
Arrisco que é quase tão simples quanto perguntar para um consumidor: “Se essa marca sumisse hoje do mapa, o que mudaria na sua vida?”

Se a resposta for “NADA”, acredito que a marca esteja em maus lençóis. E acredito ainda que a maior parte delas esteja neste grupo.

Mas também sou otimista. Acredito que muitas marcas conseguem ser fundamentais de verdade para receber um TUDO como resposta para esta tão simples e complexa pergunta.

Empresas como Google, Skype, Airbnb e Uber, entre tantas outras, já nasceram indispensáveis porque foram humildes o suficiente para entender como as pessoas vivem e surgiram para propor uma melhora real no seu cotidiano. Isso sim merece um prêmio.
_________________

* Viviane Camargo é publicitária graduada pela PUC/PR e pós-graduada em marketing pela ESPMSP. Trabalhou por mais de 15 anos como diretora de contas e diretora de atendimento de importantes agências de comunicação do país, como DM9DDB e MCCANN-ERICKSON, e como diretora-geral da JWT Curitiba. Em mais de 20 anos de atuação, acumula experiências no desenvolvimento de estratégias de grandes marcas como Nike, HSBC, TAM, Honda Motos, Itaú Seguros, L`oréal Paris, Grupo Positivo, O Boticário, entre outras.

voltar para Blog

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||