ReAlfabetização Visual: O Poder Da Linguagem dos Quadrinhos

inscreva-se já workshop

 

 



(RE)ALFEBETIZAÇÃO VISUAL: O PODER DA LINGUAGEM DOS QUADRINHOS

Datas: 21 e 22 de setembro em Curitiba

quadrinhos, roteiro, s lobo, redhook school

(RE)ALFABETIZAÇÃO VISUAL: O PODER DA LINGUAGEM DOS QUADRINHOS

 

IMPORTANTE

. Não precisa saber desenhar.

. Para conseguir o desconto de 20%, basta digitar o código promocional  “professorsinprors”.

. Pagamento em até 5X sem juros!

 

OBJETIVOS

. Estimular a leitura;

. Desenvolvimento gráfico-narrativo;

. Usar o desenho como forma de comunicação e expressão;

. Ampliar as possibilidades culturais e de entretenimento;

. Usar o potencial didático dos quadrinhos em sala de aula.


A OFICINA

Existem muitas formas de leitura, ou o decifração de códigos, seu discernimento e construção de novos conhecimentos a partir deles. A leitura visual, assim como a textual, tornou-se uma ferramenta imprescindível no mundo contemporâneo, onde somos constantemente estimulados por gráficos e pelo audiovisual. A (RE)ALFABETIZAÇÃO VISUAL nos ajuda a desenvolver critérios para a leitura visual com o intuito de usá-los para aprimorar nossa comunicação e, consequentemente, a interação com o mundo e a sociedade.


A (RE)ALFABETIZAÇÃO VISUAL é uma poderosa ferramenta educativa capaz de nos abrir infinitas possibilidades e expandir horizontes.
Desde pequenos, temos o impulso de usar o desenho como forma de expressão, e todos estamos capacitados a fazê-lo. Enquanto crianças, somos estimulados a desenhar até o período da alfabetização. Nesse momento, há uma ruptura, onde o âmbito criativo dos desenhos é substituído pela linearidade da escrita. O desenho, então, passa a ser apenas um passatempo. Desestimulada, a maioria das crianças para de desenhar entre a idade de 7 a 10 anos. Por isso, a maioria das pessoas desenha como criança.


A oficina promove um resgate à prática da leitura e produção visual para podermos melhor desenvolver nossas qualidades comunicativas gráfico-narrativas e tirar proveito delas.


PALAVRA + IMAGEM

A linguagem da história em quadrinhos é uma das mais completas e dinâmicas ferramentas da comunicação, conjugando no mesmo objeto a palavra e a imagem, o espaço e o tempo, a forma e o conteúdo. Tal linguagem, por suas potencialidades e possibilidades, tanto na assimilação das informações quanto na construção de conhecimentos, pode e deve ser utilizada com grande eficácia na prática educacional.


PROGRAMA

- Autorrepresentação e representação do mundo: do homem das cavernas aos dias de hoje (signos: índice, ícone, símbolo);

- Desenho como forma de expressão: escrever é desenhar e desenhar é escrever (da escrita pictórica-icônica ao ideograma, e daí à escrita fonética);

- Design e redução de formas a objetos geométricos simples: primeiras noções de layout - o Jogo do Tangram e composição;

- Criação de personagens - dinâmica individual e de grupo: brainstorming;

- Técnicas narrativas adequadas aos quadrinhos: a teoria do Pim Pam Pum e conceitos de âncora e isca;

- Vocabulário visual: expressões faciais, posturas corporais e cenários;

- Linguagem da história em quadrinhos: comparação com outras artes visuais (fotografia, cinema, vídeo, teatro, artes plásticas) e literárias (roteiros, romances, contos, poesia);

- O quadrinho e a sarjeta, o cheio e o vazio, Yin e Yang: a dupla dinâmica dos quadrinhos - onde o leitor tem participação efetiva;

- Escolha e prática de técnicas de desenho para quadrinhos: o traço e a cor;

- Coadjuvantes da linguagem dos quadrinhos: balões, legendas, onomatopeias (ferramentas monossensoriais);

- Realfabetização visual: redescoberta e desenvolvimento do pensamento gráfico.

 

S LOBO, QUADRINHOS, REDHOOK SCHOOL, OFICINA TEXTO

COM: SANDRO GOMES - LOBO | CRIATIVO E EDITOR

Ganhador do primeiro lugar do Salão Carioca do Humor, com o quadrinho Bingulu, o Homem mais Engraçado do Mundo, do qual também foi o responsável pelo roteiro. Fundador da revista de bolso Mosh!, que teve 12 edições e conquistou quatro prêmios HQ MIX. Comandou as editoras Desiderata e Barba Negra e foi diretor de duas edições do Rio Comicon (2010 e 2011). Publicou em francês o quadrinho Copacabana, com desenhos de Odyr Bernardi. Atualmente é um dos responsáveis pela websérie Quadrinho para Barbados, dirigida ao público adulto.

 

 

 
 

 

  

INFORMAÇÕES GERAIS

Local: Redhook - Rua Fernando Amaro, 154 - Alto da XV - Curitiba 

21/09 (sexta) das 19h às 22h e 22/09 (sábado) das 9h às 17h30

VALORES E FORMAS DE PAGAMENTO 

Taxa administrativa não reembolsável: R$50,00 - Apenas depósito: Banco Santander / Agência 3889 / Conta-corrente: 13001904-0 - The Red Hook Escola de Criatividade. Enviar comprovante para financeiro@redhookschool.com

 

VALOR DO WORKSHOP

Depósito bancário ou débito (apenas à vista) 

Boleto bancário ou cartão de crédito direto com a Redhook em até 2 parcelas de R$195,00 

Boleto bancário ou cartão de débito à vista para inscrições até dia 30/08: R$299,00

PayPal 

PagSeguro em até 18 parcelas sujeito às tarifas do serviço 

 

inscreva-se já workshop

 

Dúvidas: financeiro@redhookschool.com | 41 3524 9702 

IMPORTANTE

CANCELAMENTO: Pela Redhook por falta de quorum, será devolvido 100% do valor pago. O aviso poderá ser feito em até 48h antes do início do curso. 

DESISTÊNCIA: Pelo aluno por qualquer que seja o motivo após a formalização da inscrição e pagamento, será devolvido 90% do valor pago. Prazo igual ou inferior a 48 horas da data de realização do curso ou evento, devolução de 50% do valor pago. No caso de falta, não há devolução. 

MUITA ATENÇÃO: Se você é de fora da cidade da cidade onde o curso será ministrado, certifique-se que o curso atingiu quórum mínimo antes de comprar sua passagem e reservar seu hotel. A Redhook se isenta de qualquer responsabilidade sobre passagem e hospedagem.

Tags: alfabetizacão audiovisual, desenho, quadrinhos, s lobo

voltar para Workshops

show tsN fsN fwB center bsd b03s|tsN fwB bds uppercase b01n left|fwR tsN hide center|bnull||image-wrap|news|fsN fwR normalcase tsN fwB b01 bsd|b01 c05 bsd|news login fwR normalcase|tsN normalcase fwR|normalcase fwR|content-inner||